Seguidores

sábado, 15 de maio de 2010

Lamentável incêndio destrói amostras no Instituto Butantã

SÃO PAULO - Um incêndio ocorrido na manhã deste sábado, 15, no laboratório de répteis do Instituto Butantan, na zona oeste de São Paulo, destruiu milhares de espécimes de cobras e de aracnídeos, incluindo exemplares ainda não descritos pelos cientistas. Nenhum dos animais estava vivo.




Toda a coleção de cobras do Butantã - um total de aproximadamente 85 mil exemplares, a maior coleção do mundo de animais da região tropical - foi perdida no incêndio. Centenas de espécimes desses répteis que haviam sido coletadas pelos biólogos ainda não haviam sido descritas. Entre os aracnídeos - em especial aranhas e escorpiões -, a perda foi de cerca de 450 mil espécimes, das quais milhares ainda não tinham sido descritas pelos cientistas do instituto.

Saiba como ocorreu,causas e os prejuisos  em;
http://www.estadao.com.br/noticias/cidades,incendio-no-instituto-butantan-e-debelado-em-uma-hora-e-meia,552220,0.htm

Um comentário:

  1. Lamentável, tanto trabalho perdido em poucos minutos.
    Abraços forte

    ResponderExcluir