Seguidores

terça-feira, 13 de abril de 2010

Escola não é lugar para celular





Nós os professores concordamos que escola não é lugar para celular, porque atrapalha a aula os alunos não utilizam o fone de ouvido e pertubam a aula com músicas não apropriada para o ambiente escolar. Quando Utilizam o fone, não prestam atenção na aula ignorando tudo ao seu redor.
Eles gravam as aulas ,tiram fotos até mesmo dos professores, acredito ser isto muito complicado.
A lei foi  publicada e não esta sendo obedecida, recentemente as escolas receberam ,cartazes e colocamos na sala de aula. ESCOLA NÃO COMBINA COM CELULAR
 O que você acha? opine


 Foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (14) a lei que proíbe o uso de celulares em salas de aula nas escolas públicas estaduais. O projeto dependia da sanção do governador Sérgio Cabral para virar lei.

O projeto, que foi proposto em abril de 2007, é de autoria do deputado João Pedro. A regulamentação da lei caberá ao Poder Executivo.


A intenção do deputado é acabar com a fofoca e o troca-troca de torpedos durante as aulas que, segundo ele, atrapalha o aprendizado e dispersa a atenção do professor e dos alunos. O projeto proíbe o uso inicialmente nas escolas estaduais, mas pode se estender também às escolas particulares.


"Conversei com alguns professores e me surpreendi com as inúmeras reclamações em relação ao uso do telefone celular pelos alunos. O projeto não visa proibir que os estudantes levem o aparelho para as escolas, afinal, os pais têm necessidade de monitorar os filhos principalmente por causa da violência.


Além disso, as escolas possuem telefone fixo que pode ser utilizado pelo aluno em caso de urgência ou necessidade. Isso sem falar nos telefones públicos ("orelhões"). A lei é para impedir que o telefone seja utilizado em sala de aula, durante o horário escolar, e visa garantir que o aluno fique 100% atento a aula. Escola é lugar para estudar", explica o deputado.



LEI n.° 4.734, de 04 de janeiro de 2008

O Presidente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro nos termos do art. 79, § 7.°, da Lei Orgânica do Município do Rio de Janeiro, de 5 de abril de 1990, não exercida a disposição do § 5.° do artigo acima, promulga a Lei n.° 4.734, de 4 de janeiro de 2008, oriunda do Projeto de Lei n.° 1107, de 2007, de autoria da Senhora Vereadora Pastora Márcia Teixeira.

LEI n.° 4.734, de 04 de janeiro de 2008

Proíbe a utilização de telefone celular e outros em sala de aula.

Art. 1.° Fica proibido o uso de telefone celular, games, ipod, mp3, equipamento eletrônico e similar em sala de aula.

Parágrafo único. Quando a aula for aplicada fora da sala específica, aplica-se o princípio desta Lei.

Art. 2.° Fica compreendida como sala de aula todas as instituições de ensino, fundamental, médio e superior.

Art. 3.° Deverá ser fixado em local de acesso e nas dependências da instituição educacional, nas salas de aula e nos locais onde ocorrem aulas, placas indicando a proibição.

Parágrafo único. Na placa deverá constar o seguinte: "É PROIBIDO O USO DE APARELHO CELULAR E EQUIPAMENTO ELETRÔNICO DURANTE AS AULAS - LEI n.° 4.734, de 4 de janeiro de 2008"

Art. 4.° Em caso de menor de idade, deverão os pais serem comunicados pela direção do estabelecimento de ensino.

Art. 5.° Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Câmara Municipal do Rio de Janeiro, em 04 de janeiro de 2008

Vereador ALOISIO FREITAS

D.O.RIO de 22.01.2008

FONTES PARA PESQUISA

http://g1.globo.com/Noticias/Rio/0,,MUL400760-5606,00.html


http://jornaldoquintoanodamanha.blogspot.com/2010/03/escola-combina-com-celular.html

10 comentários:

  1. Muito propícia essa Lei.
    O mesmo acontece com o uso do celular ao dirigir: comprovadamente implica em prejuízo ao aprendizado.

    beijos, Maria Marçal - Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  2. Isma, eu sou contra celular em sala de aula. ainda bem que nao sou adepto e se for preciso vivo sem isso e nao morro.
    A diretora da escola da minha filha nem pode me ver que até já sei oq se passa na cabeça dela "hii, la vem aquele pai reclamar de mais alguma coisa"
    Reclamo mesmo, e o que vejo de errado eu vou tratar com ela propria.
    Depois queria que abordasse sobre crianças que aprendem palavrões na escola, ou qualquer outra coisa que nao se aprende em casa. Algo assim, sabe?
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Sou plenamente favorável a proibição do uso de celular em salas de aula.

    Um abraço.

    Drauzio Milagres

    ResponderExcluir
  4. MR JONES, OBRIGADA PELA VISITA SEU COMENTÁRIO FOI BEM APROPRIADO .QUANDO A SUGESTÃO VOU PESQUISAR E MONTAREI UM POST ,VALEU AMIGO ,BJO

    ResponderExcluir
  5. Isma,

    Certamente que não combina! Por cá é proibido pelas escolas, o uso do telemóvel dentro da sala de aula. Mas eu sei, por relatos de professores, que há sempre alunos que tentam infringir.

    Beijinhos
    Luísa

    ResponderExcluir
  6. O Certo mesmo seria tomar, e só entregar depois que os pais viessem buscar.

    ResponderExcluir
  7. Respeito a opinião de vocês, mas...

    Será que o fato dos alunos não estarem com celular, mp3(4, 5, 6...), boné, enfim, qualquer objeto "estranho a aula" vai garantir mesmo 100% da atenção dos alunos à aula?

    Me responderiam: não, mas aumentaria pelo menos uns 50%...

    É... e se eles não falasse, não se mexessem aí sim... seria perfeito... 100% de atenção garantida! Até quando vamos continuar desconsiderando os avanços e as infliuências da tecnologias sobre os nossos jovens e insistir nessa educação jesuítica que não vem demonstrando avanço nenhum? Será que os problemas são só dos alunos sempre mesmo?

    Sem dúvida que os aparelhinhos são tentadores, mas antes do celular haviam problemas de indisciplina e falta de atenção e acredito que com a proibição deles não isso não acabará. Como disse Luísa, os alunos sempre arrumam uma forma de infringir, por que será que isso acontece? Vão os celulares, vem as conversas paralelas, etc, etc, etc...

    Para pensarmos juntos...

    Abraço,
    Fabíola

    ResponderExcluir
  8. LAVINIA LAY ESPERTA26 de maio de 2010 15:09

    lavínia lay esperta
    EU ACHO ESSA LEI JUSTA,POIS DIA 24/05/2010,O CELULAR DO MEU COLEGA TOCOU E EU ME DESCONCENTREI NA PROVA...
    ISSO FOI UMA TRAGEDIA...
    MAS,PELO MENOS EU TIREI NOTA BOA...

    ResponderExcluir
  9. velho, qual o problema de leva celular na escola??
    eu ñ uso na aula, + proibi de leva na escola ja é demais! os professores do brasil tão se achando o máximo por causa desse lei! acha que alguem vai obedecer? vo continua levando o meu cel na escola, soh n vo usa na aula!! q saco!

    ResponderExcluir
  10. enquanto acharmos que o celular é um problema e não parte de uma solução, vamos estar atrasados. e não ao que acontece em outros países, mas atrasados de nós mesmos.

    poderíamos estar com a nossa educação em um nível absolutamente diferente se ao invés de proibir ESTUDASSÊMOS um jeito de levar o celular para dentro de sala.

    pensem bem: todos os alunos têm. os professores têm. há planos de sms a preços ridículos. apliquem criatividade nesta equação e uma miríade de possibilidades surgirá.

    não é mais cabível que os professores se enxerguem como os únicos detentores do conhecimento. se enxergarmos a educação mais como construção que como transmissão, vamos aproveitar a efervescência dessa geração do jeito certo. :)

    abraços!

    ResponderExcluir